Capitão-mor (1480?-1508). Único filho varão do vice-rei D. Francisco de Almeida, seguiu atentamente as pisadas do pai. Combateu em Tânger, em 1501, e chegou ao Ceilão (actual Sri Lanka) em 1506, onde submeteu o rei e descobriu a origem da canela. Foi incumbido pelo pai de desempenhar diversas tarefas de responsabilidade, às quais não voltou as costas e soube concluir com competência. Uma delas foi a derrota da poderosa esquadra do rei de Calecute. No primeiro mês de 1508, rumou a Chaul para tomar conta das naus de Cochim e de Cananor, mas, surpreendido por uma esquadra egípcia, combateu e comandou os seus homens até morrer.

(via “História de Portugal – Dicionário de Personalidades” (coordenação de José Hermano Saraiva), edição QuidNovi, 2004)