Geógrafo (1594?-1642). Foi cronista-geral da Índia e guarda-mor do Arquivo Real de Goa desde 1631. Continuou as Décadas da Ásia, iniciadas por João de Barros e Diogo do Couto, até atingir o ano de 1617. Deixou, entre outros manuscritos, o Livro das Plantas de Todas as Fortalezas, Cidades e Povoações do Estado da Índia Oriental (inclui algumas da África Oriental).

(via “História de Portugal – Dicionário de Personalidades” (coordenação de José Hermano Saraiva), edição QuidNovi, 2004)