Militar (1504-1565). Combateu na Índia desde 1532, onde também foi funcionário. Em 1537, participou na missão de defesa do porto de Chatuá e, em 1541, fez parte da expedição ao mar Vermelho, comandada por D. Estêvão da Gama. Um ano mais tarde, tornou-se feitor de Ceilão, assumindo os cargos de reformador da alfândega e do comércio e de capitão de Malaca. Entre 1545 e 1554 foi vedor da Fazenda da Índia. Entretanto, em 1551, participou na conquista de Califa, na costa da Arábia. Escreveu em 1555, o relatório Tombo do Estado da Índia.

(via “História de Portugal – Dicionário de Personalidades” (coordenação de José Hermano Saraiva), edição QuidNovi, 2004)