Historiador e missionário (Évora, 1520?-Setúbal, 1570). Dominicano, em 1548 partiu para o Oriente, fixando-se em Goa, onde fundou um convento. Mais tarde, viajou para Malaca para dar início a mais uma casa da sua ordem, decidindo, em 1555, prosseguir a sua obra evangélica no Camboja. Encontrando ali dificuldades de vária ordem, seguiu para a China, tornando-se assim o primeiro missionário a penetrar nesse império. Regressado a Portugal em 1569, quando uma grave epidemia assolava a capital e arredores, acabou por falecer vítima da peste. É de grande interesse histórico o seu Tratado em Que Se Contam […] as Cousas da China […] e assim do Reino de Ormuz (1570), uma valiosa obra para o estudo da acção dos missionários dominicanos no Oriente, publicada pela primeira vez em 1570 (foi editada pela segunda vez em 1829).

(via “História de Portugal – Dicionário de Personalidades” (coordenação de José Hermano Saraiva), edição QuidNovi, 2004)