Foi primeiro marquês o primeiro conde de Tentúgal, D. Rodrigo de Melo (1488-1545), nascido em Castela, onde se encontrava seu pai desde a execução do irmão (1483), o terceiro duque de Bragança, D. Fernando II. Regressou a Portugal em 1496 e, oito anos depois, D. Manuel fê-lo conde de Tentúgal. Combateu em África, na tomada de Arzila e também na expedição a Azamor. Foi alcaide-mor de Olivença. O título foi-lhe atribuído por D. João III, em data imprecisa, mas anterior a 1533.

(via “História de Portugal – Dicionário de Personalidades” (coordenação de José Hermano Saraiva), edição QuidNovi, 2004)