Guerreiro (1516-1542). Quarto filho de Vasco da Gama, combateu no mar da Índia e em Malaca, distinguindo-se pela bravura dos seus feitos. Em 1538, D. João III fê-lo capitão de Malaca e em 1541 acompanhou o irmão Estêvão, governador da Índia, na expedição ao Suez. Acudindo ao apelo do imperador da Etiópia, que sofria os ataques das tropas do somali Ahmad al-Ghazi, enfrentou todas as dificuldades, libertando grande parte daquele território. Porém, em menor número, a pequena força de tropas portuguesas seria esmagada, pouco depois, e D. Cristóvão da Gama feito prisioneiro e degolado pelo inimigo.

(via “História de Portugal – Dicionário de Personalidades” (coordenação de José Hermano Saraiva), edição QuidNovi, 2004)