Navegador (século XV), esteve ao serviço de Fernão Gomes, detentor do exclusivo do comércio da Guiné entre 1469 e 1475. Sendo condição para o monopólio que aquele mercador descobrisse 100 léguas de costa por ano, Lopo Gonçalves explorou, em 1473 ou 1474, a costa equatorial até ao cabo que hoje ostenta o seu nome, embora na forma de “Lopez”.

(via “História de Portugal – Dicionário de Personalidades” (coordenação de José Hermano Saraiva), edição QuidNovi, 2004)