Navegador (século XV), era escudeiro do infante D. Pedro. Em 1445 capitaneou uma das caravelas que alcançaram as ilhas de Arguim, traficando e capturando escravos. Pelos seus feitos, os seus companheiros consideraram-no digno de ser armado cavaleiro, honra que lhe conferiu Álvaro de Freitas.

(via “História de Portugal – Dicionário de Personalidades” (coordenação de José Hermano Saraiva), edição QuidNovi, 2004)