Rainha de Inglaterra (Greenwich, 1533 – Richmond, 1603). Inteligente e culta, iniciou o reinado numa altura em que os corsários ingleses atacavam os navios portugueses. Por isso mesmo, em 1561 foi enviado a Londres um emissário para saudar a nova rainha e protestar contra a atitude dos corsários ingleses, ao que ela respondeu não ter conhecimento de nada. Seguiram-se anos de relações tensas entre os dois países, tendo sido assinado a 29 de Outubro de 1576 o tratado de paz entre D. Sebastião e Isabel I. Poucos anos depois, com a subida ao trono de Filipe I (Filipe II de Espanha) voltaram a deteriorar-se os contactos com Inglaterra, apoiando Isabel I a causa de D. António, prior do Crato. Os corsários ingleses recomeçaram igualmente a atacar os navios portugueses, agora em mãos espanholas.

(via “História de Portugal – Dicionário de Personalidades” (coordenação de José Hermano Saraiva), edição QuidNovi, 2004)