A revista “História” (com periodicidade mensal e cerca de 10 000 exemplares), de que foram já editados 100 números, corre o risco de não voltar às bancas, devido a dificuldades orçamentais.

Uma petição que vale a pena, para procurar evitar o desfecho que se adivinha: aqui!

(via Almocreve das Petas e Almanaque Republicano)

Para evitar o encerramento desta publicação, são necessários apenas cerca de 10 000 euros/ano, que poderão ser obtidos via mecenato, anúncios, assinantes, …

Na edição nº 100 da Revista, a capa da revista é dedicada aos painéis de Nuno Gonçalves, sendo a Carta de Pêro Vaz de Caminha apresentada como a “primeira reportagem sobre o Brasil”; são também abordadas as influências de Napoleão Bonaparte em Portugal, compreendendo ainda este número uma entrevista com o historiador José Mattoso.