Cartógrafo maiorquino (1360?-?). Veio para Portugal a pedido do infante D. Henrique, para ensinar a sua arte, aquando do início das viagens atlânticas, em que se tornou necessário acrescentar as costas africanas nas cartas de origem mediterrânica. Consta-se que também terá vindo para ensinar a construir instrumentos para a navegação de alturas, astrolábios e quadrantes.

(via “História de Portugal – Dicionário de Personalidades” (coordenação de José Hermano Saraiva), edição QuidNovi, 2004)