Contudo, o rumo seria então invertido, para leste; já depois de ter fundeado na denominada Baía de Santa Helena (a 4 de Novembro), a 18 desse mesmo mês de Novembro, era novamente dobrado o Cabo da Boa Esperança, para, a 25 de Dezembro, atingir a Terra do Natal.

Já em 1498, a 14 de Março, chegavam a Sofala, na costa de Moçambique, ponto limiar que os navegadores árabes e hindus (provenientes de Nordeste) haviam atingido.

Quer em Sofala, quer em Mombaça (no actual Quénia, onde chegara a 7 de Abril) a expedição portuguesa seria mal recebida. Apenas em Melinde (ainda no Quénia), já em meados de Abril de 1498, Vasco da Gama conseguiria angariar um piloto árabe, que se viria a revelar a chave para a descoberta da etapa final do percurso.

A épica expedição pioneira culminaria com a chegada a Calecute, a 20 de Maio de 1498, local onde os portugueses permaneceriam por três meses, em conflito com os mercadores árabes, tendo entretanto o Samorim de Calecute rejeitado os presentes oferecidos por Vasco da Gama, inviabilizando o desejado Tratado de Paz e Comércio – apenas em 1502, na sequência da terceira expedição à Índia (igualmente chefiada por Vasco da Gama), se daria a conquista de Calecute, com o estabelecimento de uma feitoria em Cochim, na costa do Malabar.

A viagem de regresso a Portugal da expedição precursora teria início em Agosto de 1498, aportando em Lisboa um ano depois, com apenas dois navios e não mais de 55 tripulantes, onde seria recebida em apoteose pelo rei D. Manuel.

Bibliografia consultada

– “A Viagem do Descobrimento – A Expedição de Cabral e o Achamento do Brasil”, de Eduardo Bueno, Editora Pergaminho, 2000
– “Descobrimentos – História e Cultura”, edição da Comissão Nacional Para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses, 1987
– “História de Portugal”, de A. H. de Oliveira Marques, Palas Editores, 1980
– “História de Portugal”, de Jean-François de Labourdette, Publicações D. Quixote, 2003
– “O Império Colonial Português (1415-1825)”, de C. R. Boxer, Edições 70, 1981
– “Portugal – O Pioneiro da Globalização”, de Jorge Nascimento Rodrigues e Tessaleno Devezas, Edição Centro-Atlântico, Maio de 2007

Anúncios