Piloto do século XVI, é-lhe atribuída a autoria do Livro de Marinharia (conservado na Biblioteca Nacional de Paris), em virtude de no manuscrito aparecer a sua assinatura. A obra, dedicada à arte da navegação, é bastante invulgar, contendo princípios que não se encontram noutros trabalhos do mesmo género. Ainda durante o século XVI, alguns dos roteiros, regras de astronomia e tábuas solares da obra serviram de base ao holandês Jean Linshotten para a elaboração de Le Grand Routier de la Mer.

(via “História de Portugal – Dicionário de Personalidades” (coordenação de José Hermano Saraiva), edição QuidNovi, 2004)