Navegador (século XVI). Segundo alguns estudiosos da época terá sido, juntamente com Francisco Zeimoto e António Peixoto, um dos primeiros portugueses a penetrar em território japonês. Supostamente, os três homens teriam sido afastados do seu rumo, fruto de um temporal, quando rumavam junto à costa da China, em 1542. Esta teoria tem sido alvo de contestação por parte de diversos historiadores e vai contra o relato de Fernão Mendes Pinto, que na sua Peregrinação declara ter descoberto o Japão antes de 1542. De facto, parece certo que entre 1530 e 1534 chegou um grupo de portugueses às terras do Sol Nascente, o que leva a supor que Fernão Mendes Pinto se terá realmente antecipado a António da Mota.

(via “História de Portugal – Dicionário de Personalidades” (coordenação de José Hermano Saraiva), edição QuidNovi, 2004)

Anúncios