Cosmógrafo (Lisboa, 1650 – Lisboa, 1719). Filho de Luís Serrão Pimentel, sucedeu ao pai no cargo de cosmógrafo-mor do reino, no ano de 1687. Aquando da delimitação das fronteiras da colónia do Sacramento, foi um dos geógrafos escolhidos para o referido trabalho. Foi ainda professor do futuro rei D. José. À semelhança do seu pai, também deixou obra publicada, nomeadamente a que o tornou célebre: Arte de Navegar e Roteiro das Viagens e Costas Marítimas do Brasil, Guiné, Angola e Ilhas Orientais e Ocidentais (1699).

(via “História de Portugal – Dicionário de Personalidades” (coordenação de José Hermano Saraiva), edição QuidNovi, 2004)

Anúncios