Jurisconsulto e diplomata (séculos XVI e XVII). Provavelmente nascido em Santarém, fixou-se em Itália, actuando como agente de seguros de D. Manuel I em Florença, Pisa e Livorno. É por essa razão que as suas obras abordam sobretudo o Direito, enquanto ligado à actividade económica e, particularmente, ao comércio. É de sua autoria o Tractatus perutilis et Quotidianus de assecurationibus et sponsionibus mercatorum (1552), um importante tratado de seguros e de promessas entre mercadores. Desde a primeira publicação até 1669, a obra conheceu cerca de 20 edições, vindo a ser traduzida em Portugal em 1958.

(via “História de Portugal – Dicionário de Personalidades” (coordenação de José Hermano Saraiva), edição QuidNovi, 2004)

Anúncios