Foi primeiro conde João Nunes da Cunha (1619-1668), que foi vice-rei da Índia (o 30º), onde não chegou a desenvolver obra de grande relevo porque morreu dois anos após ter sido nomeado para o cargo. Foi conselheiro de Estado de D. Afonso VI, que lhe concedeu o título por carta de 2 de Abril de 1666.

(via “História de Portugal – Dicionário de Personalidades” (coordenação de José Hermano Saraiva), edição QuidNovi, 2004)