Cartógrafo (século XVI). Manteve-se activo durante a primeira metade de quinhentos, sendo autor de uma carta do Atlântico (Outubro de 1534), conservada na Biblioteca Nacional de Paris. Segundo parece, Gaspar Viegas ter-se-á baseado nos testemunhos da expedição de Martim Afonso, efectuada pouco antes da elaboração da carta. Apesar de este ser o único trabalho que assinou, são-lhe também atribuídas duas cópias de um atlas da mesma época, que foram deixadas anónimas. O historiador Armando Cortesão identificou este cartógrafo com Gaspar Luís Viegas, escudeiro do cardeal infante D. Henrique ou ainda com um Gaspar Luís, calígrafo de uma cópia do Roteiro do Mar Roxo de D. João de Castro.

(via “História de Portugal – Dicionário de Personalidades” (coordenação de José Hermano Saraiva), edição QuidNovi, 2004)

Anúncios