A 1 de Dezembro de 1640, a revolta de Lisboa afastaria definitivamente a ambição de união dos dois reinos, ascendendo ao trono português o duque de Bragança, D. João IV. A restauração da independência portuguesa apenas viria a ser reconhecida em 1668, já depois da morte de Filipe IV de Espanha (que reinava ainda aquando da vitória portuguesa em Montes Claros, em 17 de Julho de 1665), quando a monarquia espanhola atravessava um período de grande crise.

Anúncios