Militar (?-Pernambuco, 1594?). Não são conhecidos registos da sua vida antes de partir de Portugal para Pernambuco (1535). Lutou com empenho contra os indígenas, conseguindo que viessem a conviver de forma pacífica com os portugueses. Ele próprio casou com a filha de um chefe ameríndio. Por volta de 1576, governou Pernambuco, onde criou o segundo engenho de açúcar, importante, segundo o próprio, para a permanência portuguesa.

(via “História de Portugal – Dicionário de Personalidades” (coordenação de José Hermano Saraiva), edição QuidNovi, 2004)

Anúncios