Foi primeiro conde D. Luís de Almeida, nascido em data incerta e falecido em 1671. Foi mestre-de-campo de um terço de Infantaria na Guerra da Restauração e, mais tarde, embarcou para o Brasil, onde foi governador e capitão-general do Rio de Janeiro, entre 1652 e 1658. Foi também governador de Tânger, o derradeiro governador português, até esta praça ser cedida aos ingleses como dote de D. Catarina, filha de D. João IV e esposa do rei de Inglaterra Carlos II. Em 1664 foi nomeado governador do Algarve. Recebeu o título por carta de D. Afonso VI, datada de 17 de Fevereiro de 1664. […].

(via “História de Portugal – Dicionário de Personalidades” (coordenação de José Hermano Saraiva), edição QuidNovi, 2004)

Anúncios