Cronista brasileiro (Rio de Janeiro, 1618? – Lisboa, 6 de Fevereiro de 1676). Com algumas obras publicadas, em 1658 foi nomeado, por D. Luísa de Gusmão, cronista geral do Brasil. Com a possibilidade de acesso a todos os livros e manuscritos que necessitasse, redigiu a sua Crónica, obra que não é certo que tenha terminado, pois os seus escritos viriam a perder-se.

(via “História de Portugal – Dicionário de Personalidades” (coordenação de José Hermano Saraiva), edição QuidNovi, 2004)

Anúncios