Militar (? – 1718), foi vice-rei da Índia. Filho de António de Melo e Castro, vice-rei da Índia, depois de uma viagem ao Oriente, em 1683 foi nomeado capitão-general de Sena, Sofala e Moçambique (ilha). Já em Portugal, em 1693 recebeu o governo de Pernambuco, para onde partiu três anos depois. No exercício do cargo, reprimiu eficazmente a conhecida revolta dos escravos de Palmares, vindo a ser nomeado vice-rei da Índia, como reconhecimento pelos serviços prestados à Coroa portuguesa. Regressado a Portugal, em 1707, foi agraciado com a comenda de Santa Maria de Oliveira de Azeméis.

(via “História de Portugal – Dicionário de Personalidades” (coordenação de José Hermano Saraiva), edição QuidNovi, 2004)

Anúncios