Foi governador de Pernambuco e, posteriormente, governador-geral do Brasil (1690-1694). Depois de uma fase de desenvolvimento com a criação de várias vilas, foi confrontado, em 1691, com uma grave crise, devido à fome que assolou a região. Para fazer face à forte instabilidade económica, a pedido do governador, foi criada uma casa monetária na Baía.

(via “História de Portugal – Dicionário de Personalidades” (coordenação de José Hermano Saraiva), edição QuidNovi, 2004)

Anúncios