Fundador da missão do Maranhão (Almodôvar, 1574? – ilha de Marajó, 1643). Membro da Companhia de Jesus, estudou em Évora, seguindo, em 1602, para o Brasil, onde missionou durante duas décadas. Foi reitor do Colégio de Pernambuco e o responsável pelo início da evangelização do Maranhão. Morreu assassinado pelos antropófagos, depois de se ter salvo de um naufrágio na foz do rio Amazonas. São de sua autoria Arte da Gramática Latina da Língua Brasileira (1621) e Memorial sobre as Terras e Gente do Maranhão, Grão-Pará e Rio Amazonas (1637).

(via “História de Portugal – Dicionário de Personalidades” (coordenação de José Hermano Saraiva), edição QuidNovi, 2004)

Anúncios