Militar (?-1652?), contribuiu para a reconquista da Baía aos holandeses em 1624. Foi dos fidalgos que mais instaram D. João IV para encabeçar o movimento da Restauração. Depois da Restauração, foi enviado como embaixador para Paris, mas não foi bem sucedido. De regresso a Portugal, participou na Batalha do Montijo, em 1644, onde comandou a cavalaria da ala direita. Em 1648, foi designado governador do Algarve.

(via “História de Portugal – Dicionário de Personalidades” (coordenação de José Hermano Saraiva), edição QuidNovi, 2004)

Anúncios