Historiador brasileiro (Baía, 1564? – 1638?). Filho de fidalgos alentejanos, em 1587 completou os cursos de Teologia e Cânones na Universidade de Coimbra, regressando ao Brasil, onde optou pela doutrina de S. Francisco (1599). Pregador e professor, dedicou-se às missões e foi governador do bispado da Baía, estabelecendo o convento da sua ordem no Rio de Janeiro, em 1608. Posteriormente, foi por duas vezes guardião em Salvador (1612-1614 e 1630-1633) e esteve à frente da custódia franciscana brasileira entre 1614 e 1617. Deixou a inédita História do Brasil, escrita em 1627, fundamental na historiografia brasileira.

(via “História de Portugal – Dicionário de Personalidades” (coordenação de José Hermano Saraiva), edição QuidNovi, 2004)

Anúncios