Compositor (Lisboa, 24 de Março de 1762 – Rio de Janeiro, 7 de Fevereiro de 1830). Tornou-se rapidamente conhecido pela sua veia melódica, manifestada em modinhas e canções que obtiveram um enorme êxito. De 1792 a 1800 viveu em Itália, para onde foi em busca de fortuna. Durante a sua estada compões várias óperas, rivalizando com os melhores compositores líricos da época. Regressou a Portugal, mas a sua obra continuou a ser ouvida no estrangeiro. Em 1810 juntou-se à corte, no Rio de Janeiro, onde escreveu sobretudo música religiosa para a capela real, como mestre da mesma. Aderiu à independência e, ao serviço de D. Pedro, compôs o Hino Dedicado à Nação Brasileira. Ficou na história como um dos compositores portugueses mais conhecidos além-fronteiras.

(via “História de Portugal – Dicionário de Personalidades” (coordenação de José Hermano Saraiva), edição QuidNovi, 2004)

Anúncios