Lexicólogo brasileiro (Rio de Janeiro, 1755 – Pernambuco, 1824). Diplomou-se na Universidade de Coimbra, em Direito Civil e Canónico e, de 1780 a 1784, residiu em Lisboa. Foi nesta altura que elaborou a sua obra mais destacada, o Dicionário da Língua Portuguesa (1789), em dois volumes. Foi perseguido pela Inquisição, pelo que teve de partir para Inglaterra, onde se dedicou ao estudo das línguas e traduziu e anotou História de Portugal (1788). De regresso ao Brasil, foi advogado em Pernambuco e magistrado na Baía.

(via “História de Portugal – Dicionário de Personalidades” (coordenação de José Hermano Saraiva), edição QuidNovi, 2004)

Anúncios