Diplomata (21 de Junho de 1671 – 29 de Novembro de 1738), foi quarto conde de Tarouca. Foi capitão da guarda real de D. Pedro II e general-de-batalha. Em Junho de 1709, foi designado ministro plenipotenciário para representar Portugal no Congresso de Utreque. O tratado de paz com a França foi assinado em 1713, a 11 de Abril. Desta forma, os franceses comprometeram-se a aceitar como limite entre a Guiana e o Brasil o Rio Oiapoque. Anos depois, foi escolhido para representar Portugal no Congresso de Cambrai. Em 1726, tomou posse como embaixador em Viena de Áustria. Foi ainda nomeado embaixador em Madrid e director da Real Academia de História, mas faleceu antes de desempenhar estes cargos.

(via “História de Portugal – Dicionário de Personalidades” (coordenação de José Hermano Saraiva), edição QuidNovi, 2004)

Anúncios