Governador-geral do Brasil (séculos XVI e XVII), entre 1617 e 1621. Durante a sua administração, foi o responsável pela execução de um inventário sobre os estrangeiros que viviam no território brasileiro e defendeu as capitanias, tendo mandado erigir uma fundição para material de guerra. Residiu durante três anos em Olinda, pois, para ele, esta era a capital autêntica do Brasil.

(via “História de Portugal – Dicionário de Personalidades” (coordenação de José Hermano Saraiva), edição QuidNovi, 2004)

Anúncios