Poeta, político e jornalista (Rio de Janeiro, 8 de Outubro de 1799 – Rio de Janeiro, 12 de Maio de 1837). Filho de um professor primário português, tinha origens humildes e foi um autodidacta. Foi o principal divulgador do liberalismo no Brasil, entre 1826 e 1830. A costela portuguesa, que sempre o acompanhou, fê-lo vibrar com a Revolução Liberal de 1820 em Portugal. De qualquer modo, tudo fez para que não houvesse influência portuguesa no Brasil independente. A sua acção contribuiu para que, a 7 de Abril de 1831, D. Pedro I abdicasse, em favor do seu filho Pedro.

(via “História de Portugal – Dicionário de Personalidades” (coordenação de José Hermano Saraiva), edição QuidNovi, 2004)